Os brasileiros

Yeshua não ensinava a outros povos!

"Não ireis aos goyim, nem entrareis nas cidades dos samaritanos; mas ide antes as ovelhas perdidas da casa de Israel" Matitiyahu 10:5
"Não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel." Matitiyahu 15:24

Pois é...
Yeshua Hamashia não veio ensinar e salvar os brasileiros. É explícito que Ele veio ao mundo para os israelitas e por causa dos israelitas.

Para complicar ainda mais, muitos ramos do judaísmo acreditam numa superioridade divina do seu povo, alguns até declaram que os goyim existem apenas para servir os judeus, e assim será aos que entrarem no reino dos céus.
Atualmente, na maioria das seitas judaicas, seus integrantes procuram suavizar esta característica com explicações e declarações que aparentemente contradizem a realidade dos fatos pois, a maioria dos judeus praticantes agradecem a D'us todas as manhãs por não terem nascido em outra nação.


As coisas não são exatamente assim.

Na verdade, estes judeus não são preconceituosos, são apenas de uma cultura diferente e tentam preservá-la de influências externas.

O nosso problema é que queremos enxergar as verdades de uma cultura estrangeira com os olhos da nossa. Por exemplo, não é possível saber o que é o Budismo se não o viver desde o nascimento. Mais difícil ainda se estiver exposto as influências dos costumes do povo brasileiro.
Assim também são todos os ramos do Judaísmo. A maneira com que enxergamos suas regras, costumes, dedicação as escrituras etc. Por mais boa vontade que tenhamos ao entendê-los, para nós tudo tem um sentido muito distante da verdade, pois não vivemos estes costumes desde o nosso nascimento e, principalmente, com nossas almas brasileiras.

No site judeu.org encontrei mais que um artigo, é uma verdadeira revelação Divina feita a Sha’ul Bensiyon, que consegue explicar didaticamente, aos não judeus, esta questão dos estrangeiros no Judaísmo.

Por sua excelência, não tentarei resumir seu conteúdo, pedirei apenas a você que siga este link e leia o original.


E nós? onde nos encaixamos?

A ideia equivocada de que somente os judeus são o povo de D'us é fruto do desconhecimento das escrituras e da contaminação da verdade pelo Talmud e a Torá Oral.

A grande prova desse equívoco é a própria Torá, separei 3 exemplos que tratam os estrangeiros com igualdade:

Na Tanakh também temos exemplos semelhantes:

Nos tempos de Yeshua Hamashia, os primeiros seguidores eram judeus e posteriormente foram ingressados os gentios na comunidade.
Estes gentios não se converteram ao Judaísmo rabínico, mas sim a seita dos Netzarim, que não eram nem judeus e nem cristãos, eles não seguiam os costumes judaicos-rabínicos, pois com o passar do tempo, estes costumes acabaram se sobrepondo aos das escrituras.
Na verdade eram praticantes de uma variante do "Judaísmo Caraíta", atendendo todas as leis e costumes do Tanakh e principalmente da Torá, desconsiderando os costumes que não constavam nas Escrituras Sagradas.


No Sefer Matitiyahu, em seu último parágrafo lemos: E, aproximando-se Yeshua, falou-lhes, dizendo: “Assim como meu Pai me enviou eu também vos envio. Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra. Portanto ide, fazei talmidim em todas as nações em Meu Nome; ensinando-os a observar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos.”.

Portanto, meu caro compatriota, não se preocupe quanto a sua raça. Não é porque descobriu que Yeshua era judeu de nascimento e seguia o judaísmo, que você vai chutar a tomada do computador, ou jogar seu celular na privada, e sair correndo para tentar virar israelita e se converter ao judaísmo antes de morrer, pois isso não é necessário para uma verdadeira relação entre você e Elohim.

Vários vídeos do Prof. Matheus Zandona, da Associação Ministério Ensinando de Sião, nos mostra que apesar de ser tratado com igualdade em relação aos judeus, é impossível um estrangeiro se transformar em um verdadeiro judeu, mesmo que convertido ao Judaísmo e com cidadania israelense. Na verdade, ele nunca deixará de ser um goyim convertido.

Os Israelitas são verdadeiramente o povo escolhido por D'us, e a herança desta escolha está no sangue, e só por ele é transmitido de geração em geração.
Muitas escrituras nos mostram que antes é Israel e depois são as nações. Entenda que nós, os goyim convertidos ao Elohim, somos tratados com igualdade ao povo judeu, e primeiro será ao israelita e depois a nós.

Atente-se às suas atitudes e crenças, pois são elas que poderão levá-lo ao Gehinom e a separação de D'us.

<< AnteriorPróximo >>
A Essência dos ensinamentos Divinos