O Estudo

 

Importante

Os domínios netzarim.com.br e estudonetzarim.com.br é propriedade de pessoa física e não estão vinculados a qualquer tipo instituição, religiosa ou não.

Todas as páginas dos sites netzarim.com.br e estudonetzarim.com.br obedecem rigorosamente as seguintes regras:

contato: contato@netzarim.com.br


Porque alguns nomes estão diferentes?

No mundo antigo, o som do nome pessoal era muito importante, pois seu significado estava intimamente relacionado a personalidade, reputação e caráter, ou seja, o nome era a própria pessoa, e não apenas um som que a representava.

Resumidamente, aconteceu que os originais das Escrituras Sagradas foram escritos em hebraico e aramaico, enquanto as traduções brasileiras, em sua maioria, se baseiam em textos gregos.

As adaptações sobrepostas acabaram criando equivalências para os nomes das pessoas, lugares e objetos, chegando a desconectá-los de seu significado.

Nesta compilação, tentei usar o som dos nomes reais dos personagens mais relevantes.
Todos os textos em verde, azul ou cinza, contém suas equivalências fonéticas, ou seu significado, ou uma explicação/curiosidade relativo a palavra.


Referencias escritas

Bíblia Livre
www.cienciaesaude.com.br/Biblia

Bíblia Online
www.bibliaonline.com.br
Almeida Corrigida e Fiel
Empresa mantenedora do site mantém o anonimato

Bíblia Hebraica
www.sefer.com.br
EDITORA E LIVRARIA SÊFER LTDA.
Tradução: David Gorodovits e Jairo Fridlin

Sefer Matitiyahu
www.torahviva.org
Primeira versão do Grupo Torá Viva
Tradução: Sha’ul Bentsion

B'rit Chadashá-HaTeshuvá
www.torahviva.org
Primeira versão do Grupo Torá Viva
Compilação: Sha’ul Bentsion Ben Avraham, Magno Lima e Walter Cruz


Consultas

Judaísmo Nazareno
www.judaismonazareno.org
Por Tsadok Ben Derech

Qol haTorá
judeu.org
Por Sha’ul Bensiyon

Chabad
pt.chabad.org
Chabad-Lubavitch Media Center
Por Rabino Yosef Y. Kazen

Morashá
www.morasha.com.br
Instituto Morashá de Cultura

Torá Viva
www.torahviva.org
Grupo Torá Viva
Empresa mantenedora do site mantém o anonimato

Judaísmo Caraíta
www.caraita.teo.br
Por João Paulo Fernandes Pontes